The King: Eternal Monarch - as primeiras impressões do novo drama de Lee min Ho

em 20 de abril de 2020



Lee min Ho está de volta junto com Kim Go-eun para mais uma história de romance. (Foto: Netlix)

Quem não dispensa um bom lançamento de K-dramas 
certamente já está atento nas próximas produções que chegarão em breve ao catálogo Netflix.

The King: Eternal Monarch (O Rei Eterno) é o mais recente  lançamento da semana a abrir caminho para próximas produções como Extracurricular, It's Okay to Not Be Okay, Twogether e Sweet Home que irão desembarcar no serviço de streaming em breve. O drama produzido pela Netflix traz um enredo digno de um romance clássico, mas com um diferencial de abordar relações de  universos paralelos. 

O galã  veterano dos dramas, Lee Min Ho interpreta o Rei Lee Gon que busca selar um portal que liga as duas dimensões, enquanto Kim Go-eun vive Jung Tae-eul, uma inspetora policial que não mede esforços para proteger a vida de quem se importa. 

Confira o trailer oficial:


Sobre a equipe de produção


The King: Eternal Monarch conta com um roteiro escrito por Kim Eun-suk, o mesmo roteirista responsável por sucessos como Goblin, Mr. Sunshine e Descendants of the Sun, além de direção por Baek Sang-hoon (Secret, Descendants of the Sun) e Jeong Jee Hyun (Search: WWW).

Elenco principal: Lee Min-ho, Kim Go-eun, Woo Do-hwan, Kim Kyung-nam, Jung Eun-chae 

O visual do Drama está digno de um conto de fadas. (The King: Eternal Monarch)

Sobre The King: Eternal monarch


Lee Gon desde criança é apaixonado por estudos e literatura, especialmente pela história de Alice no País das Maravilhas e após ser salvo durante um ataque ao pálacio, ele foi nomeado como Rei da Coreia ainda criança. Ainda assim, mesmo após ter crescido e se tornado um belo homem, sua fascinação pela história da personagem não mudou em nada, e sua vontade de viver uma aventura semelhante a de Alice aumenta paralelo ao seu desejo de encontrar quem o salvou no dia daquele acidente. 

A história é bem atrativa, e um dos pontos que achei mais legais é o desenvolvimento  das referência a Alice no País das Maravilhas presentes na história, se você gosta de literatura ficará encantada em como trabalharam bem nessa questão. Algumas questões da trama ainda estão a ser respondidas, mas por fazerem parte do Plot da história, só assistindo mais episódios para termos uma resposta completa, mas algumas teorias já estão em andamento pelos fãs. 

Os figurinos são bastante bonitos e chamam a atenção de quem assiste. (Foto: The King: Eternal Monarch)
O visual logo no primeiro episódio é impressionante, toda a composição desenvolvida  para as cenas ficou excelente e combinou perfeitamente com a trilha sonora que é impossível de não ser notada, sendo um dos pontos mais altos dos episódios e dando o toque perfeito a cada cena. Quanto a ambientação, a produção desenvolveu as linhas temporais de maneira fácil de ser compreendida inicialmente e os acontecimentos são bem explicados, principalmente quanto a apresentação da infância e desenvolvimento de relações familiares do protagonista. 

Os acontecimentos se desenrolam num ritmo bom o suficiente para que nos acostumemos  a proposta do drama e as relações de protagonistas principais são bem esclarecidas. Os figurinos e paletas dos primeiros episódios estão muito bonitos, os tons são bem trabalhados para cada cena o que reforça ainda mais o conceito de contos de fadas. E claro, os personagens que estão prontos para plantar aquela discórdia clássica das histórias já estão a postos e são igualmente atraentes quanto os protagonistas mocinhos.

Son Seok koo e Jun Eun-Chae e seus papéis ainda serão desenvolvidos. (Foto: The King: Eternal Monarch)
O ator Lee Min Ho impressiona por captar a essência do personagem  perfeitamente e nos faz pensar que não poderiam encontrar alguém melhor que ele para viver o Rei Lee Gon, assim como  o mesmo se aplica para a audaciosa inspetora Jung Tae-eul que já nos cativa logo nos primeiros momentos do drama. E o melhor de tudo é que já dá para sentir aquela química entre os dois, o que deixa os fãs bastante contentes com uma sinergia entre os personagens.

Sem dúvidas a produção veio com tudo para conquistar os fãs de bons romances com um toque clássico, trazendo um elenco de peso que participou de produções bastante conhecidas na indústria e que dá início a mais uma história que  certamente será uma flecha certeira no coração dos fãs de Dramas com grandes histórias.

O Rei Lee Gon contando a história de Alice no País das Maravilhas. (Foto: The King: Eternal Monarch)

Se você está em dúvidas se dá uma chance a The King: Eternal Monarch
 já existem dois episódios disponíveis para serem assistidos no catálogo da Netflix. Para quem não possui familiaridade com o sistema dos dramas coreanos, eles seguem uma atualização diferente das séries americanas que liberam todos os episódios de uma só vez. Os K-dramas tem episódios liberados semanalmente, geralmente dois por vez.  

Os próximos episódios de The King: Eternal Monarch (O Rei Eterno) são lançados toda sexta-feira e sábado com exclusividade do serviço de streaming  Netflix Brasil, às 11h30 do horário de Brasília. 

Leia também:

Extracurricular: conheça a nova produção coreana da Netflix
Rugal: Tudo o que é preciso saber sobre o novo drama de ação

15 comentários , comente também!

  1. Que legal já gostei, gostei muito também do figurino.
    Beijos

    byglamour.com

    ResponderExcluir
  2. Realmente é uma boa produção,com muito cuidado nos detalhes,a Netflix acertou com esse conteúdo,bjus.

    ResponderExcluir
  3. Querida uma boa dica, eu ainda não assisti, estou muito curiosa para ver, obrigada, beijinhossssss

    ResponderExcluir
  4. Olá! Achei o enrendo bacana, deve ser bem envolvente! Gostei da sua análise dos detalhes da produção!;)

    ResponderExcluir
  5. Eu estou vendo esse dorama estou amando muito... tudo de bom e de good estou louca para ele encontrar o tio dele e esse dorama tem uma pitada de romance, ação e ficção adoro... amei sua resenha... bjs e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está sensacional essa produção, também tô louca pra saber do arco do do tio dele! Aguardando os próximos episódios ansiosamente rsrs

      Excluir
  6. Não é um estilo que eu gosto,mais confesso que as produções Netflix sempre são incríveis e vale a pena assistir.

    ResponderExcluir
  7. Muito se fala sobre as produções coreanas mas nunca tive a oportunidade de conferir.

    ResponderExcluir
  8. Oie minha flor! Não conhecia o K -
    Drama, mas curti a proposta. Sou louca por tudo que tem Alice nos pais das maravilhas envolvido.
    Vou procurar dar uma olhada na Netflix.


    Bjus!
    Paloma Viricio

    ResponderExcluir
  9. Adoro as produçoes coreanas!
    Adorei por mais essa dica de Doramas para assistir na Netflix.
    https://www.ladomilla.com/

    ResponderExcluir
  10. Tenho procurado dicas koreanas , já vou dar uma conferida nessa novidade que tá chegando no catálogo da Netflix.

    ResponderExcluir
  11. Darei uma chance!Adoro a resenha e pelo o que li é algo que te prende bastante, além de todos os detalhes. Beijos!!

    ResponderExcluir
  12. Fiquei curioso para acompanhar esse dorama. Como gosto de literatura, já fiquei curioso pelas referências de Alice no País das Maravilhas. Esperar pelos episódios nos deixa loucos, mas é prazeroso quando gostamos da história. Obrigado pela dica.

    ResponderExcluir
  13. Olá,

    Não costumo assistir doramas, mas quero muito entrar nesse universo e esta parece ser uma ótima forma de me jogar nesse universo. Fiquei bem animada por tudo que trouxe, pois parece ser simplesmente sensacional. Já vai para a lista que preciso ver em breve!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Todos que Lee Mi-Hoo participa é fantástico!!! Amo amo amo

    ResponderExcluir