24 de janeiro de 2017

RESENHA: THE WITCHER- O ÚLTIMO DESEJO


Oi gente, tudo bem? 



  Ultimamente não tenho tido muito empenho em estar postando certinho pra vocês aqui no Blog, por conta da correria que estou vivendo ultimamente em meu dia a dia. Mas de modo algum , eu poderia deixar de me esforçar pra trazer coisas novas para vocês.  Então fiquem sempre ligados, pois apesar de não estar provida de tanto tempo quanto eu tinha antes, estarei sempre mantendo nosso cantinho atualizado semanalmente com muito conteúdo! 


  Recentemente, voltei ao hábito da leitura. E isso tem me deixado bem empolgada e tem sido uma ótima distração, principalmente quando estou á caminho do trabalho.  A leitura é sem dúvidas a minha opção favorita para escapar do cenário urbano, e de fato , não poderia optar por uma escolha melhor. Pois acima de tudo, ler , é uma das mais belas formas de escapar do cotidiano que vivemos e adentrar universos magníficos e histórias incríveis, afugentando assim o estresse e pensamentos ruins que temos ao longo do dia.



Já parou para refletir sobre quantas histórias, universos e personagens diferentes temos a chance de conhecer através dos livros?




 Livros não são pedaços de papel. São pedaços de diferentes universos cuidadosamente esculpidos para que muitos aventureiros (leitores) pudessem desfrutar. Quantas vezes você já se colocou no papel daquele personagem favorito? Quantas vezes você se imaginou na pele do protagonista? Podendo até mesmo se imaginar naquela batalha épica de um livro de fantasia? 

 A partir do momento que temos a oportunidade de adentrar um universo desses meu amigo(a), certamente não há mais volta. Pois a cada capítulo ficamos mais famintos ainda pelo que está por vir. 






PRIMEIRA IMPRESSÃO 




   Faz um tempo que havia citado a saga The witcher de  Andrzej Sapkowski em minha Wishlist literária. Como uma grande fã da franquia de Games, não poderia deixar de sonhar em adquiri los não é mesmo? 
 Esses livros tem sido o meu sonho de consumo desde que tive a oportunidade de jogar os Games, até que nesse natal acabei tendo a sorte de ganhá los como presente de meu namorado. Então pensem só como fiquei feliz! 

 Não demorou muito para que eu simplesmente ''devorasse'' o primeiro livro. E simplesmente nunca nessa vida li algo parecido com a literatura de Sapkowski. Sua escrita é sem dúvidas, uma das melhores que tive a oportunidade de desfrutar pois não há palavras certas para expressar a sensação que a mesma nos proporciona. É uma escrita detalhista, envolvente, e sua narrativa é viciante. 
   O que mais me deixa atraída por literatura fantástica, é que consigo notar a liberdade que o autor tem dentro do que ele mesmo propõe no livro, e em ''O último desejo''  temos isso.

 O autor é polonês e usa da mitologia eslava como um grande recurso para sua escrita; temos um mundo cheio de raças, seres, criaturas bizarras, feiticeiros e todas aquelas coisas da fantasia no qual os grandes fãs desse tipo de literatura estão acostumados. Mas a maior das curiosidades do primeiro livro da saga são antíteses sobre alguns contos famosos como '' A branca de neve e os sete anões'' que o autor faz questão de usar e expressar através do desenrolar das histórias, o quanto as aparências enganam. 



A CAPA








A edição que escolhi é com a arte do jogo The witcher 3
Wild Hunt e o trabalho gráfico realizado para as capas ficaram maravilhosos! 
 Muitas pessoas tem preferência pela capa original das primeiras edições que de certa forma são tão belas quanto a que escolhi. As folhas são de ótima qualidade e em tom amarelado e a tradução feita do polonês por Tomasz Barcinski é de ótima qualidade.





A RESENHA 





'' Para se tornar bruxo, é preciso ter nascido sob a sombra do destino, e não são muito os que nascem nessas condições. É por isso que somos tão poucos. Envelhecemos, morremos e não temos a quem transmitir nosso conhecimento e nossas aptidões. Faltam-nos substitutos, e este mundo está cheio do Mal, que apenas espera que sumamos de vez.''

Geralt de Rívia. 


Agora chegou a hora que todos aguardavam não é mesmo? 

Então tentarei fazer uma resenha completamente livre de Spoilers para vocês.  A saga de livros do bruxo Geralt de Rívia,  já começa em grande estilo: Em O Último Desejo, primeiro volume da saga, você já é surpreendido com a escrita maravilhosamente detalhista e com detalhes bem descritivos, nem mesmo os movimentos dos personagens passam despercebidos e são narrados cautelosamente pelo autor.  Primeiramente para o público que é fã ou simpatizante de literatura fantástica, e para aqueles que já tiveram contato com a franquia de jogos  The Witcher – que tive a incrível experiência de jogar e me aprofundar no universo antes mesmo de ler - já que o jogo é baseado na obra brilhantemente escrita por Andrzej Sapkowski.

 A história gira em torno de Geralt de Rívia, conhecido também como Lobo branco ( devido a coloração branca de seus cabelos) e como carniceiro de Blaviken. Geralt, é um bruxo , profissão mais do que requisitada em meio a um cenário onde pessoas frequentemente necessitam de alguém profissional o bastante para livrá los das garras de monstros, apesar de muitos não demonstrarem nenhum tipo de afeição pela figura do bruxo. Geralt de Rívia é um personagem nada convencional. Não possui simpatia e tão pouco saí por aí distribuindo sorrisos, mas , apesar de tudo isso é um personagem extremamente interessante pois não é nada ''clichê''.  Narrado em terceira pessoa, o autor já nos apresenta Geralt como personagem principal quando nos dá os pensamentos e bastantes características subjetivas do bruxo. Ao longo da narrativa , você consegue perceber o seu grande senso de justiça e ética. O realismo que o autor dá em suas descrições detalhadas faz com que as lutas sejam realmente cativantes, épicas e rendendo ótimos parágrafos de pura emoção para nós leitores. O livro não é uma narrativa direta como muitos imaginam e estão acostumados, possui contos separados que narram diversas aventuras do bruxo, ficando cada vez mais intenso. Sapkowski explora diversos temas, que vai desde o racismo até a subjetividade humana em alguns contos. A leitura flui rapidamente, envolvendo o leitor e quando você percebe, já está nos últimos contos. O mundo cheio de reviravoltas e ilusões criado pelo autor te mantém preso ao livro até a última página, e certamente se tiver tempo livre, irá acabar com a leitura em menos de uma semana. 







E como boa fã que sou, já estou terminando o segundo livro da saga e logo trarei a resenha para vocês. Espero muito que vocês tenham gostado. 

Um grande beijo e até a próxima!





2 comentários:

  1. otima resenha, vamos ver o que vai achar quando Jennifer aparecer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é maravilhosa. Muitas pessoas que jogam o game acham que ela é arrogante e mesquinha, por quê não conhecem a personagem nos livros. Ela é uma excelente personagem ❤ obrigada pela visita.

      Excluir

© Tendência Cósmica - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger